Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Small Church

Small Church

Um Jesus Marcelo

Este não é um post político. Este é um post teológico. Só para avisar.

Há aqueles que ganham um lugar no quentinho do coração da opinião pública. Como cachorrinhos invencíveis na sua fofura irresistível, são aqueles que seguram o otimismo de jornal. São importantes porque conseguem fazer a bilis das redações recuar. Ninguém, nem mesmo um jornalista engajado politicamente, é capaz de maltratar um cachorrinho. E se alguém o fizer merece morrer.

O sinal inicial que nos permiite identificar  os recrutas da nossa melhor boa vontade é simples: o uso do primeiro nome. Aí está o Jerónimo, a Frida, a Sophia, a Dilma, a Agustina, a Hillary, o bom Marcelo, a Greta (que para mim será sempre uma missionária holandesa com quem o meu pai trabalhou no bairro de Santa Filomena na década de 80 do século passado), a Cristina ou a mais recente fôfa, a Jacinda

O tratamento na imprensa e na cultura pelo primeiro nome implica uma familiaridade ao alcance de muito poucos. Implica também uma grande condescendência e, desde logo, a certeza de que o escrutínio será mais lasso ou inexistente. Afinal, quem é que não perdoa o chichi no tapete da sala a um cachorrinho de semanas? 

Penso nisto e encontro o paralelo com o cristianismo. Aqueles que tratam Jesus como seu amigo e não o consideram Cristo, esse portento brutal, definitivo e que já existia muitos milhares de anos antes de Jesus nascer. Para muitos, para demasiados,  e segundo o que tenho ouvido a vida inteira, Jesus acabou por ser colocado no lugar de Cristo. No fundo, uma espécie de Marcelo elástico no abraço até ao infinito, servindo para rececionar os achaques emocionais de cada um nas Hillsong desta vida. Enquanto isso, Cristo, a essência, vai sendo apagado só posso imaginar para que horror de Jesus.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D