Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Small Church

Small Church

Buracos negros e votos brancos

Existem coisas no domínio da física que não consigo entender. Por exemplo, os buracos negros são mesmo difíceis, com o seu horizonte de eventos e gravidade tão forte que não deixa a luz escapar. 

A nível social também há fatores nos comportamentos alheios que por vezes me trazem perplexidade. Não me revejo no que muitos portugueses fazem. Estou certo de que será um sentimento comum a muitos.

O programa da Cristina, a joalharia relógio nos pulsos masculinos, o clubismo de ódio, a validade musical dos DAMA, a selfie, o espertalhão no trânsito a passar a fila por fora, o bailarico nos bombeiros, o Instagram usado por adultos, os cães tratados como filhos, as viagens como hobby, etc. Enfim, mais hesitante do que outra coisa, porque não devo julgar o que não entendo e não faz mal a ninguém, sigo, pelos meus dias, admirado. Se a maioria dos assuntos é perene (como é que funciona a mente de quem compra um BMW?), há alguns que são sazonais, como o modo como se fala dos incêndios de verão (“circunscrito”, “rescaldo”, “meios aéreos”). Dentro deste tipo, o voto em branco, que surge de dois em dois anos ou assim.

Quando ouvi falar sobre esse modo de participar em eleições, dediquei uns cinco minutos a pensar na opção e arrumei a questão de imediato. Sou convidado pelos outros cidadãos a escolher os governantes que teremos em comum. Há um número definido de opções e só tenho de assinalar aquela que prefiro entre as propostas. Não se trata de escolher a pessoa ideal, mas sim de escolher alguém, só isso, e ajudo a fazê-lo de bom grado.

Mas o que vai dentro da cabeça de quem vota em branco é um mistério. Sei que é alguém que se dá ao trabalho de se deslocar para votar em ninguém. Parece-me levar qualquer coisa para a cabine de voto, algo dentro de si que quer dizer qualquer coisa. Talvez ache que todos os políticos são imorais, mas, parece-me, que não se tratando de pedófilos, homicidas ou condenados por corrupção, talvez haja nesse julgamento um certo exagero. Ou será que sente uma vontade intrínseca de castigar, uma pulsão que se manifesta num assumir de papel de justiceiro? Ou talvez ache que o seu voto, por ser o seu voto, por ser o voto de uma pessoa tão especial, caraças, é o seu voto!, só pode ser dado a um candidato ou candidata de índole heroica que o mereça. Também poderá ser por motivos didáticos do género “com o meu voto em branco, graças ao meu voto em branco, sobretudo por causa do meu voto em branco anónimo, vocês («Vocês quem?» «Ora, os políticos, claro!» «Quais políticos? Todos?» «Sim. São todos iguais!» «Todos?» «Todos!» «As pessoas não são todas iguais, mesmo dentro de grupos.» «Mas estes são.» «Os políticos?» «Sim, essa corja é toda igual.») eles vão perceber que se andam a comportar mal e, repito, graças a mim, vão mudar o seu modo de estar e passar a fazer as coisas de um modo diferente, de um modo que eu gosto e sanciono.” Além de todas estas hipóteses, penso que deve haver também no votante em branco um prazer qualquer, umas borboletas na barriga, ou parecido, quando olha para o boletim, vota em ninguém e se sente um revolucionário. Talvez vote em branco por causa da adrenalina, não sei.

 

Seja qual for a razão, o votante em branco parece-me demasiado chateado e estar a levar-se demasiado a sério. No final de contas, os outros cidadãos só lhe estão a pedir para ajudar a escolher alguém, nada mais.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D